sábado, 13 de dezembro de 2008

Visita ao Armazém

Deslocação a Alcobaça, com os estudantes do mestrado de Artes Plásticas, para observar as obras de requalificação do espaço envolvente do Mosteiro projectadas pelo Professor Arquitecto Gonçalo Byrne. Sempre debaixo de chuva, aproveitamos um dos toldos das esplanadas para observar e discutir a intervenção.
Visita, em seguida, ao "Armazém das Artes", na companhia do escultor José Aurélio. Para ver a bela  exposição "Modelar o Espaço" - Alberto Carneiro, Álvaro Carneiro, Carlos Barreira, Francisco Tropa, Isabel Garcia, Sara Matos e Virgínia Fróis -, cujo catálogo foi lançado hoje, surpreendermo-nos com a extraordinária colecção de instrumentos e mecanismos, e, sobretudo, fazer perguntas e ouvir José Aurélio falar da sua obra e deste projecto, e explicar como uma e outro são indissociáveis de um homem que se define a si próprio como "agente cultural".
Alcobaça, a região, o país têm que prestar mais atenção a este singular Armazém.

2 comentários:

Isabel X disse...

O Armazem das Artes bem merece a nossa atenção, pelo muito que nele temos a aprender. É só questão de nós o merecermos também...
Além do mais, é belíssimo; na minha opinião, ainda mais do que a Galeria Ogiva (Óbidos), que foi outra iniciativa do escultor José Aurélio.
- Isabel X -

João Ramos Franco disse...

Nós, a geração dos anos 40 que em1959/61 nos manifestámos e enfrentámos o regime da época, gritando bem alto “Queremos Livre Acesso à Cultura”, estamos atentos ás manifestações culturais de agora, e as palavras que gritámos vemo-las tornarem-se uma realidade.
Obigado a todos, que mostam hoje a verdade da nossa luta.
João Ramos Franco