segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Coragem política

Tem razão Delfim Azevedo ao interpelar os que auguram que "ainda não é desta" ou que recomendam "daqui a quatro anos". Estes desistentes primários, porta-vozes da resignação - que é o principal adversário cívico do Partido Socialista nas Caldas a Rainha - a serem escutados, conduziriam apenas a isto: a desistência.
A sessão de apresentação das candidaturas autárquicas socialistas, ontem à tarde, foi uma vigorosa jornada cívica. Somou entusiasmo jovem com experiência longamente adquirida de resistência e reflexão. Teve oradores brilhantes e testemunhos genuínos. Revelou empenho antigo, que não esmoreceu, e novo, que quer afirmar-se. Assumiu o risco sem descurar a análise. Congregou a voz, o trabalho, o esforço, as ideias, a vontade e a coragem.

2 comentários:

Submarino Amarelo disse...

Escrevi no Facebook,antes de ler este post:
"Realizou-se hoje à tarde no CCC a apresentação dos candidatos autárquicos do Partido Socialista às eleições autárquicas.
Boa intervenção de Delfim Azevedo, demonstrando entusiasmo e motivação. Luis Amado foi longo, chato e despropositado .
A melhor intervenção da tarde foi de Rui Correia que mostrou que é possível denunciar a tristeza e a pobreza da actual gestão camarária com humor,firmeza e eficácia.
Felicidades aos candidatos!"

João Ramos Franco disse...

Como militante do PS, desde o 25 de Abril,sendo Caldense, a esperança de ganhar as eleições, mesmo nos maus momentos, nunca me afastou da luta, sempre e até pelo contrário nunca me resignei. Pelo contrário quanto mais dura é luta mais nos devemos empenhar nela, nós Socilistas nunca abdicar ou resignar