terça-feira, 23 de junho de 2009

Boris Vian

Morreu há 50 anos. Tinha 39.

1 comentário:

JJ disse...

Le Deserteur é um grande hino contra a guerra, Boris Vian é também o autor de a Espuma dos Dias, O Outono em Pequim e grandes textos sobre Jazz mas, já que falamos da sua morte, ele preferiria talvez nesta efeméride ser recordado como o "tradutor" de um policial verdadeiramente negro, pornográfico,gratuitamente violento e genial: "Irei Cuspir-vos Nos Túmulos". Andam por aí uns exemplares à venda,julgo que da Relógio d'Água.